ANÁLISE ERGONOMICA DO TRABALHO NR 17

Tem como objetivo analisar o processo de trabalho, de modo a mapear os pontos de desconformidades ergonômicas, com base nos princípios e atendimento da NR 17 Ergonomia.

 

Metodologia
Visa estabelecer adaptações das condições de trabalho às características psicofisiológicas (reflexos, postura, equilíbrio e coordenação motora) do colaborador de modo a proporcionar o Máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

Os principais fatores para a avaliação das condições ambientais de trabalho são:
Atividade, Medição de Iluminação, Ruído (conforto acústico), Temperatura (conforto térmico), Posto de Trabalho, Formas e Concepção.

 

Alguns exemplos das áreas de actuação da ergonomia:

  • No desenho de equipamentos e sistemas computorizados, de modo a que sejam mais fáceis de utilizar e que haja menor probabilidade de ocorrência de erros durante a sua operação – particularmente importante nas salas de controlo, onde existe uma elevada carga de stress.
  • Na definição de tarefas de modo a que sejam eficientes e tenham em conta as necessidades humanas, tais como, pausas para descanso e turnos de trabalho sensíveis, bem como outros factores, tais como recompensas intrínsecas do trabalho em si.
  • No desenho de equipamentos e organização do trabalho de modo a melhorar a postura e aliviar a carga de trabalho no corpo, reduzindo assim as Lesões Músculo-Esqueléticas do Membro Superior e as Lesões resultantes de Trabalho Repetitivo.
  • Na arquitectura da informação, de modo a que a interpretação e uso de guias, sinais, e ecrãs seja mais fácil e sem ocorrência de erros.
  • Na criação de acções de formação para que todos os aspectos do trabalho sejam compreendidos pelos trabalhadores.
  • No desenho de equipamento militar e espacial – casos extremos de resistência do corpo humano.
  • Na concepção de ambientes de trabalho, incluindo a iluminação e a temperatura ambiente, de modo a satisfazer as necessidades dos utilizadores e das tarefas executadas. Onde seja necessário, na concepção de equipamentos de protecção individual para o trabalho em ambientes hostis.
  • Nos países em desenvolvimento, a aceitação e eficiência do uso de tecnologia básica pode ser melhorado significativamente.

 

GINÁSTICA LABORAL

Como o nome indica, ginástica laboral é a realização de exercícios físicos no ambiente de trabalho, durante o horário de expediente, para promover a saúde dos funcionários e evitar lesões de esforços repetitivos e doenças ocupacionais.

Além de exercícios físicos, a ginástica laboral consiste em alongamentos, relaxamento muscular e flexibilidade das articulações. Apesar da prática da ginástica laboral ser coletiva, ela é moldada de acordo com a função exercida pelo trabalhador.

SIGO

Oferecemos aos nossos clientes  e parceiros tecnologia de software inovador e eficiente, que proporciona atendimento a clientes, com agilidade e qualidade, em todo o território nacional.
Nosso sistema engloba toda gestão de  saúde ocupacional ...
saiba mais

LEGISLAÇÃO

Além de atendermos às 33 Normas Regulamentadoras, contamos com um Departamento Médico focado na Qualidade de Vida e Prevenção da Saúde... Saiba mais

EMISSÃO ORDEM DE SERVIÇO

                                                 

                                               CARVALHO E DANTAS – Medicina e Saúde Ocupacional ltda

                                             Rua Gonçalves Crespo, 307 – Tatuapé – São Paulo SP CEP 03066-030 Tel.: (11) 2090-0763.

                                              contato@carvalhoedantas.com.br